Jabberwocky (1)

Campirulava plácida em meio aos toletones. Semigrupe, sentia o arfarfar em sua face, naquele dia tão quente de verão. Seus olhos buscavam os desenhos nebulantes, enquanto ouvia resticiosamente o bilibular dos onerufes. Ah, os onerufes! Eram os seus preferidos! Poderia passar dias e dias somente a ouvir aquele bilibular tão esmoreante.

Pés descalços, sentia a cileza das gueremonosas. O vento, tão libilino, trazia o perfume prazístico até ela. Aproveitava também para estomatar alguns toletones, que nesta época eram deliciosos. Todos os seus sentidos pareciam tenetar, tantos eram os estímulos daquele lugar tão peculiar que era a Gazedia…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s