Bobby McFerrin

Ele é mais conhecido como o “cara” que canta aquela musiquinha “Don’t worry, be happy”. Já era muito legal saber que ele conseguia fazer várias vozes à capela numa única música e produzir uma harmonia desse jeito. Porém, ele é muito mais. Descobri isso recentemente, quando num dia, à toa na vida, assistia à TV zapeando aqui e acolá. Parei na TV Senado (!), onde passava uma apresentação de uma orquestra ao ar livre, em algum país europeu (descobri depois que era Viena, na Áustria), com um cenário que parecia um sonho. Muito legal, ver tanta gente reunida pra ouvir uma orquestra. Tava lá, vendo/ouvindo, quando de repente aparece o maestro mais legal que eu já vi. Negro, com uns dreads no cabelo, felizão da vida de estar onde estava e de fazer o que estava fazendo. Balançava seus dreads sorrindo. Não sabia quem era ele. Fiquei aguardando pra ver se aparecia algum crédito, até que num intervalo, o comentarista do programa falou do maestro Bobby McFerrin. Meu namorado, que estava comigo, lembrou: “não é o do ‘Don’t worry, be happy’?”. Regente, compositor, cantor, educador musical, produtor… Seu trabalho tem grande influência do Jazz, mas Bobby transita bem em todos os estilos, do pop que às vezes se assemelha ao beat box, ao erudito. O disco mais novo, VOCAbuLarieS, recém lançado, além de traços de Jazz, lembra muito as culturas africanas e a World Music, com vozes incríveis. No site oficial dele você pode ouvir algumas das músicas: http://www.bobbymcferrin.com/#. Obviamente, o foco principal são os vocais, em canções em que percebemos que trazemos conosco um fantástico instrumento musical (tudo bem, poucos sabem utilizá-lo adequadamente…). Por incrível que pareça, consegui encontrar o CD à venda em sites brasileiros, por em média R$22,00. Como ultimamente tá difícil de ouvir música que seja nova e boa, é bom ter este tipo de surpresa agradável. E além, é claro, de ser sempre bom ver gente competente e feliz em fazer seu trabalho. Inspirador e animador. Fiquem com alguns trabalhos do cara:

Knick Knack, curta da Pixar que tem música dele (a melhor parte é o blablabla nos créditos):

 Um pedacinho do concerto que vi na TV:

 E um negócio legal:

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s