Sobre as duplas sertanejas – Eduardo Almeida Reis

Todo fim-de-semana gosto de ler a coluna “Tiro e Queda”, de Eduardo Almeida Reis, no Jornal Estado de Minas. Um cadinho polêmico por vez e outra dar umas pitadas de “politicamente incorreto”, ele sempre fala de alguma coisa que me faz rir das nossas doideiras humanas. Hoje, entre outros assuntos, ele falou sobre a propagação aberrante de duplas sertanejas que assola nosso país:

“Agora em maio a polícia paulista prendeu em Ibitinga dois irmãos que formavam a dupla sertaneja Dudu di Valença & Rodrigo, com shows repetidos e CDs gravados. Os irmãos paranaenses, batizados Altemir e Altair Parreiro, são acusados de assaltar mais de 20 joalherias e foram presos em flagrante com muitas das joias roubadas. Creio desnecessário dizer que os imbecis do Acordo Ortográfico tiraram o acento de jóia, que não lhes fazia mal de espécie alguma. 

Depois de presos, começaram a pipocar denúncias na polícia paulista sobre furtos praticados pela dupla. Os irmãos devem ser um prato feito para os estudiosos da área psi. Dupla de alguma expressão regional, devia faturar bons cobres que dessem para viver com certa folga e comprar as joias do seu agrado. Contudo, Altemir e Altair preferiam roubar as joalherias. Seria pela emoção do furto, pela sensação de estar passando a perna em alguém? 

O episódio paulista enseja o seguinte philosophar, como sempre de admirável lucidez: dentro de pouquíssimos anos, não haverá roubo no Brasil que não seja praticado por duplas sertanejas. Por quê? Ora, porque todos os brasileiros terão formado duplas sertanejas, com a honrosa exceção do philosopho, que detesta música sertaneja, e dos leitores do Estado de Minas que têm bom gosto.”

Pois é, Eduardo, bom gosto tá difícil mesmo em nossos dias. A parte boa é que a gente ainda sabe rir da nossa porca miséria… Pode pôr meu nome na lista dos que te acompanham! E que deus nos guarde das duplas sertanejas!

Os meliantes "sertanejos"


2 pensamentos sobre “Sobre as duplas sertanejas – Eduardo Almeida Reis

  1. Essas duplas sertanejas poderem gravar já é um crime por si só, não satisfeitos ainda resolvem assaltar joalherias.
    já sei!
    eles na dificuldade criar uma pérola para lançar no próximo álbum resolveram roubar uma na joalhera!
    Obrigado à polícia paulista por tirar uma dupla sertaneja de circulação.
    Só falta eles gravarem o DVD Ao Vivo no Carandiru! Este Vai Prender Você!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s