Pessoas e serviços que não respondem e-mails/contatos

A internet sempre me salva  nos momentos difíceis. Eu provavelmente não teria terminado minha graduação (quantos trabalho feitos em grupo, à distância, através da rede!), nem meu mestrado e meu doutorado (não sei como as pessoas antigamente conseguiam ficar procurando artigos nas bibliotecas!) sem ela. Nestes últimos tempos, foi através dela que organizei as últimas viagens que fiz, procurei (e achei) o apartamento onde vou morar, e também é onde tenho encontrado os contatos, dicas e referências para toda a organização do meu casamento (sobre cujos problemas e dificuldades já comentei antes em outro post). Adoro a internet para poder resolver minha vida, porque:

1) Em pequenos intervalos é possível fazer muita coisa. Através do Mister Google e de muitos sites você pode fazer uma seleção de profissionais e fornecedores sem gastar tempo desnecessário com telefonemas cheios de abobrinhas e abstrações, ou marcações de visitas com gente que acaba não tendo nada a ver com seu estilo. Qualquer tempinho de sobra no trabalho ou em casa já dá pra adiantar os afazeres, nem que seja fazendo uma lista de serviços e fornecedores que te agradaram à primeira vista e que parecem combinar mais com você – e que mais tarde você vai consultar para avaliá-los com mais calma e atenção, e finalmente fazer os contatos que realmente interessam.

2) É muito visual (ou pode ser, pois nem sempre este potencial é aproveitado). No caso específico do casamento, um site (ou blog) bem cuidado, com boa apresentação e fotos de qualidade mostrando o trabalho da pessoa é um grande cartão de visitas. Nestes tempos em que a internet está acessível a praticamente todo mundo, e que cada um pode montar um site/blog legal até de graça, acho simplesmente inadmissível um prestador de serviços não utilizar tal ferramenta. Da minha parte, quem não está na internet (ou que está, mas fez as coisas de qualquer jeito), fica logo de fora da minha lista de opções.

3) Selecionar o que realmente está dentro do seu orçamento. Como estamos sempre “sem tempo”, é uma tristeza gastar aqueles minutinhos preciosos em que você conseguiu uma custosa folguinha pra ver aquele vestido que você achou simplesmente maravilhoso, e descobrir que nem que você viva 200 anos você vai dar conta de pagar por aquilo… ou que aquele fotógrafo fantástico de que todo mundo fala é um “artista” totalmente impossível monetariamente para os reles mortais que não circulam nas colunas sociais. Quem não passa orçamento por e-mail também é descartado da minha lista.

Claro que no mundo dos negócios (especialmente dos negócios de casamento) tem espaço para todo tipo de gente. E como há aqueles que não dispensam de forma alguma a personalização e a exclusividade, ainda existe quem prefira não expor tudo na internet. Contudo, o público que pode se dar a este luxo é bem restrito. Sei que não sou a única que ama todas as facilidades da rede, e que cada vez mais gente está se aproveitando delas. Por isso acho  um absurdo, uma falta de educação com o cliente, aquelas empresas e prestadores de serviços que apesar de terem sites, e divulgarem trabalhos e contatos na internet, simplesmente NÃO TE RESPONDEM após feito um contato via e-mail ou site! Faço questão de fazer propaganda negativa!! E não adianta dizer que “não olhou”, “não recebeu”, ou que a resposta foi “extraviada”… Se você oferece esta opção de contato, seja responsável por saber se ela está funcionando corretamente, e de que você VAI RESPONDER COM CERTEZA o seu cliente. Caso contrário, você está fazendo uma “auto-anti-propaganda”. E neste caso, apesar de tudo o que falei sobre a internet, é muito melhor pra você ficar fora dela… (o que ainda faria com que eu poupasse meu tempo de tentar falar com pessoas que não prestam bem seus serviços – porque o serviço começa desde a propaganda e o primeiro contato)! Fiquem espertos!!!

2 pensamentos sobre “Pessoas e serviços que não respondem e-mails/contatos

  1. Eu adoro mandar mensagem pra empresas. Mandei uma pra Colombo que me vendeu uma bermuda de mais de R$100,00 que rasgou no meio quando sentei para ver a aula de natação do meu pequeno filhote. Tive que voltar para a casa de bunda de fora.
    A Colombo, é óbvio, não me respondeu, mas aposto que se divertiram bastante com meu e-mail.
    Em 99% dos casos, mesmo sendo de orçamentos, não recebo resposta pelos meus contatos de internet.
    É uma sensacional ferramenta, mas ainda tem muita empresa que não sabe usá-la, e que assim mata a gente de raiva.

    • Pior é que é, Ogro. Pra falar que é “moderno”, todo mundo se faz presente na rede, mas eles se esquecem que mais importante que isso é respeitar o cliente…! Onde já se viu deixar um Ogro com as partes ao vento e nem pedir desculpas?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s