Que tal batizar um novo vírus com o seu nome?

No mundo da ciência as pessoas às vezes são um pouco aparecidas. Enquanto os políticos adoram colocar seus nomes em praças, ruas, parques e viadutos, os cientistas colocam seus nomes (ou de alguém que desejam homenagear) nos bichos e coisas mais diversos. No Brasil, o caso mais famoso é provavelmente o de Carlos Chagas e Oswaldo Cruz, que viraram respectivamente o nome de uma doença (Doença ou Mal de Chagas) e do agente causador da mesma (Trypanosoma cruzi). Um pouco narcisista, né? Mas ao mesmo tempo, deve ser emocionante deixar uma memória sua, que será sempre lembrada como uma grande conquista que você obteve. A parte boa é que na ciência qualquer um pode descobrir algo novo e batizar com o nome que quiser (pelo menos na maior parte das vezes). Inclusive você!

E pra quem acha que isso não acontece, segue o caso de uma menina de nome muito esquisito – Emilia Czyszczon – que descobriu um novo vírus que pode ajudar a combater a tuberculose. Emilia faz graduação em bioengenharia numa universidade dos EUA. O professor de uma matéria que ela cursava pediu que os alunos trouxessem um pouco de terra para fazer alguns testes numa aula prática. Todo mundo coletou o material nas proximidades de casa e da universidade, mas Emilia decidiu ir mais longe. Ela foi até uma caverna onde havia feito um passeio com a família, e pegou um pouco de lama e detritos da parede. Ao analisar o material trazido pela garota eles descobriram que nele existia um vírus ainda não descrito, que foi batizado de Czyszczon 1!

Você pode perguntar: mas vírus não é uma coisa ruim, ele não causa doenças? Em muitos casos, sim. Porém, o Czyszczon 1 é um vírus de um grupo especial (Bacteriófagos), que infecta somente bactérias, e não faz mal para pessoas e animais. E após algumas outras pesquisas e análises, Emilia e seus colegas descobriram que o vírus Czyszczon 1 pode ser usado para matar e eliminar bactérias que causam doenças em humanos, por exemplo, a bactéria que causa a tuberculose. Apesar de existirem vacina e remédios contra a tuberculose, tem sido cada vez mais difícil combatê-la porque as bactérias estão mais resistentes aos antibióticos e pessoas com a imunidade deficiente (como pacientes com AIDS ou transplantados) não podem tomar a vacina. Assim, este novo vírus seria uma possível alternativa para combater a tuberculose. O acaso às vezes trabalha a favor das descobertas!

O que você gostaria de descobrir para poder colocar o seu nome? : )

 

Para saber mais (em inglês, ainda não encontrei nada em português sobre este caso):

http://articles.chicagotribune.com/2011-04-28/health/ct-met-purdue-virus-20110428_1_cave-sample-mud

http://m.mnn.com/earth-matters/wilderness-resources/stories/student-discovers-new-virus-in-ancient-cave-mud

http://phagesdb.org/phages/Czyszczon1/

6 pensamentos sobre “Que tal batizar um novo vírus com o seu nome?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s