Bilhões e Bilhões – Carl Sagan

Carl_Sagan_Planetary_SocietyCarl Sagan provavelmente está entre os maiores divulgadores científicos que já existiram. Escreveu muito para o público “leigo”: artigos para jornais e revistas de grande circulação, livros – sobre os mais diversos assuntos, não somente sobre física, astronomia e cosmologia (áreas em que trabalhou como cientista). Na década de 1980 apresentou e produziu a série Cosmos, a qual está sendo novamente produzida hoje pela última esposa de Carl, Ann Druyan, com apresentação do astrofísico e divulgador científico Neil deGrasse Tyson. Sagan escreveu também o romance que deu origem ao filme Contato, cujo resultado final ele não chegou a ver.

Bilhões e bilhões foi o último livro escrito por Carl Sagan, que morreu em 1996. Neste livro ele aborda temas bem diversificados, desde alguns conceitos numéricos básicos para compreender ciência, passando por ecologia e aquecimento global, religião e até mesmo aborto. Em todos os casos, sempre com o ceticismo e o encantamento que o autor atribui como essenciais ao método científico. Apesar da austeridade que alguns dos temas exigem, Carl nunca deixa de demonstrar fascinação pelo universo e “fé” na humanidade. Este livro, e provavelmente toda sua obra, demonstra que é possível conversar com o público de maneira simples e delicada, sem deixar de ser científico.

Seguem alguns trechos interessantes que foram selecionados:

“Os esportes competitivos são conflitos simbólicos, mal disfarçados (p.32). […] Os esportes de equipes não são apenas ecos estilizados de guerras antigas. Eles também satisfazem um desejo quase esquecido de caçar (p.35). […] Depois de 10 mil gerações em que a matança de animais foi a nossa defesa contra ameaças de morrer de fome, essas inclinações ainda devem estar conosco. Sentimos vontade de empregá-las, mesmo vicariamente. Os esportes de equipe nos fornecem um meio de satisfazer esse desejo. Alguma parte de nosso ser deseja se juntar a um pequeno grupo de irmãos para realizar uma aventura ousada e intrépida. […] Além dos esportes, há poucas saídas para dar vazão a essas tendências. […] Na ausência de um controle moderador, esses antigos instintos podem ter consequências desastrosas. Tentamos assegurar que qualquer gosto residual pela matança não se volte contra os humanos. Nem sempre temos sucesso. (p.38)”

“Os povos vindos do norte da Europa e os povos provenientes da África central são igualmente negros na (luz) ultravioleta e na infravermelha, quando quase todas as moléculas orgânicas, e não apenas a melanina, absorvem a luz. Só na luz visível, quando muitas moléculas são transparentes, é que a anomalia da pele branca se torna até possível. Na maior parte do espectro, todos os humanos são negros (p.56).”

livro-bilhoes-e-bilhoes-de-carl-sagan“A tendência a cooperar tem sido dolorosamente extraída por meio do processo evolucionário. Aqueles organismos que não cooperam, que não trabalharam uns com os outros, morreram. A cooperação está codificada nos genes dos sobreviventes. Faz parte da sua natureza cooperar. É a chave para a sua sobrevivência. Mas nós, seres humanos, somos recém-chegados, pois só surgimos há uns poucos milhões de anos. A nossa presente civilização técnica tem apenas algumas centenas de anos. Não tivemos muitas experiências recentes de cooperação voluntária entre as espécies (ou até entre a mesma espécie). Somos muito inclinados ao curto prazo e quase nunca pensamos no longo prazo. Não há garantia de que seremos bastante sábios para compreender nosso sistema ecológico fechado em todo o planeta, ou para modificar o nosso comportamento de acordo com esse entendimento (p.82-83).”

“A nossa civilização funciona pela queima dos resíduos de criatura humildes que habitaram a Terra centenas de milhões de anos antes que os primeiros humanos aparecessem na cena. Como num terrível culto canibal, subsistimos dos corpos mortos de nossos ancestrais e parentes distantes (p.119).”

“O credo da liberdade nada significa, se é apenas a nossa própria liberdade que nos emociona (p.236)”.

Boa leitura!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s